logo RCN
Acidente

Trabalhadores são hospitalizados após vazamento de amônia em empresa de SC

  • Foto: Roberto Bortolanza/NDTV Chapecó -

Um grave incidente de vazamento de gás de amônia atingiu 28 pessoas em uma fábrica localizada no bairro Belvedere, em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, durante a noite de domingo, 9. Deste total, 18 vítimas foram encaminhadas para hospitais locais, com quatro delas em estado crítico.


O Corpo de Bombeiros Militar de Chapecó, acionado por volta das 20h15, relatou que o alerta inicial partiu de um funcionário da empresa após o gás vazar de um registro utilizado na liberação de fluido de uma tubulação. Equipes de emergência, incluindo bombeiros e o SAMU, responderam prontamente ao chamado.

Os profissionais de resgate trabalharam para conter a dispersão do gás, que forma uma nuvem tóxica no ar, e prestaram os primeiros socorros às vítimas. A maioria dos afetados estava trabalhando em uma empresa próxima ao local do vazamento.

Em uma ação de busca adicional, os bombeiros encontraram sete pessoas abrigadas em uma câmara fria, que foram aconselhadas a permanecer lá até que a situação fosse totalmente controlada. Apesar de 28 pessoas terem sido atendidas no local, dez delas recusaram encaminhamento hospitalar.

A amônia, um composto químico que pode ser inflamável e extremamente perigoso se inalado em grandes quantidades, causou a mobilização intensa das equipes de emergência para evitar uma tragédia maior. As autoridades continuam investigando as causas do vazamento e avaliando as medidas de segurança na fábrica para prevenir futuros incidentes.

Governador sanciona lei que reconhece portadores de fibromialgia como pessoas com deficiência Anterior

Governador sanciona lei que reconhece portadores de fibromialgia como pessoas com deficiência

Divisa entre Paraná e Santa Catarina é redefinida Próximo

Divisa entre Paraná e Santa Catarina é redefinida

Deixe seu comentário