logo RCN
Obras

Deputado lança plataforma que monitora evolução de obras do governo de SC

  • - Iniciativa do presidente da Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa, deputado Antídio Lunelli, visa dar celeridade aos projetos (Foto: Estela Benetti)

Nesta segunda-feira, o presidente da Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, deputado Antídio Lunelli (MDB), apresentou a plataforma Monitora SC, voltada para acompanhar o progresso das obras de infraestrutura sob responsabilidade do governo estadual. A iniciativa visa proporcionar maior transparência e agilidade na execução dos projetos.

Desenvolvido pela empresa de tecnologia Farol, sediada em Jaraguá do Sul, com um investimento de R$ 38 mil da Assembleia Legislativa, o Monitora SC utilizará tecnologia de Business Intelligence (BI) para disponibilizar semanalmente informações detalhadas sobre cada obra. Entre os dados acessíveis estarão o valor do investimento, fase de execução, contratos aditivos e outros detalhes relevantes.

Segundo Lunelli, a plataforma terá sua estreia pública na próxima semana, após ser apresentada ao governador Jorginho Mello (PL), atualmente em viagem internacional. O deputado destacou que a Monitora SC seguirá um modelo já adotado com sucesso por entidades como a Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) e diversas prefeituras do estado.

O objetivo principal da iniciativa, conforme afirmado pelo parlamentar, é garantir maior fiscalização e eficiência na execução das obras, superando desafios como burocracia e questões ambientais que podem impactar os prazos de entrega. Lunelli ressaltou ainda que a plataforma não tem intenção de confrontar a administração estadual, mas sim colaborar para uma gestão pública mais transparente e eficaz.

Durante a apresentação para a imprensa, Lunelli compartilhou dados iniciais que revelam a situação atual das obras rodoviárias em Santa Catarina. De acordo com informações do site, existem atualmente 121 contratos vigentes, dos quais 19,17% estão concluídos, 82,64% em andamento e 14,88% paralisados. Um dos projetos que chamou atenção foi o asfaltamento de 23 quilômetros da SC-281, entre São Pedro de Alcântara e Angelina, com apenas 2,04% executado devido a atrasos ambientais, mas que foi retomado recentemente.

Lunelli também destacou exemplos anteriores de uso de dados para melhorar a gestão pública, citando um caso na Secretaria de Educação de São Bento do Sul que resultou em economia mensal significativa. Essas práticas, segundo ele, têm potencial para reduzir custos, melhorar serviços e até mesmo diminuir a carga tributária no futuro, beneficiando diretamente a população catarinense.

Para mais informações e acesso aos dados detalhados das obras, a plataforma Monitora SC estará disponível ao público a partir da próxima semana, acessível através de um site dedicado que promete fornecer atualizações semanais baseadas nos relatórios da Secretaria de Estado da Infraestrutura.​​

Inscrições para superconcurso público da Educação em SC abrem nesta terça Anterior

Inscrições para superconcurso público da Educação em SC abrem nesta terça

Arrecadação de SC soma R$ 4,3 bilhões em junho e tem alta de real de 8,4% Próximo

Arrecadação de SC soma R$ 4,3 bilhões em junho e tem alta de real de 8,4%

Deixe seu comentário