Prefeitura de Taió decreta ponto facultativo na próxima sexta-feira

Além de não impor nenhum prejuízo nos negócios do município, o ponto facultativo proporciona redução no custeio da Administração Pública Municipal.

O prefeito de Taió, Almir Guski (PSDB), usando de atribuições legais conforme o Inciso VI, do Art. 70, da Lei Orgânica do Município, promulgada em 23 de março de 1990, decretou como ponto facultativo a próxima sexta-feira (16/06), não havendo expediente nas repartições públicas do município. Além de não impor nenhum prejuízo nos negócios do município, o ponto facultativo proporciona redução no custeio da Administração Pública Municipal.

Conforme o decreto 6.238, de 01/06/2017, os serviços ocorrerão normalmente nas áreas que, por sua natureza não permitem paralização, sendo elas as áreas de Limpeza Pública, Pronto Atendimento Municipal – PA, Conselho Tutelar, Casa Lar e Serviço de Atendimento de Emergência – SAMU.

Deixe seu comentário