(Last Updated On: 13 de Abril de 2017)

Por volta das 9h do de quarta-feira (12), a Polícia Militar foi acionada pelo Copom para verificar em um Posto na Rua Coronel Feddersen, em Taió, que um homem estaria oferecendo um botijão de gás para venda. Segundo o boletim de informação, o sujeito não soube informar a procedência do produto e diante dos fatos, a guarnição divulgou a informação em grupo de WhatsApp da região de Taió.

Publicidade

Após a divulgação, um funcionário da Câmara de Vereadores de Taió informou que naquela manhã, teria sido furtado um botijão de gás do local.

A PM se deslocou até o local e a funcionária da Câmara informou que ao chegar pela manhã, sentiu falta do botijão de gás e que o local onde se encontrava estava arrombado. Ela reconheceu o botijão que estava na posse de sujeito, como sendo de propriedade da Câmara.
Diante dos fatos foi dado voz de prisão ao homem, sendo conduzido e entregue juntamente com a vítima à Delegacia de Polícia Civil de Taió.

COMPARTILHAR