Foto: Divulgação/ADR Taió
(Last Updated On: 17 de julho de 2017)

A EEF Adele Heidrich, da Gerência de Educação da ADR Taió, participou do VI Seminário Nacional de Avaliação e Gestão das Feiras de Matemática na última semana, no Instituto Federal de Educação, Ciência de Tecnologia Catarinense, Campus de Camboriú.

Publicidade

A escola foi representada no evento pela professora Rosemar Junkes Preis e pelos alunos do 8º ano Daniel Pereira de Moraes e Matheus Dias do Rosário. A equipe fez a apresentação do projeto de matemática: Menos sódio, mais saúde. Outros projetos do Estado que também foram destaques para a Feira Nacional, participaram do seminário.

“O incentivo a pesquisa oferecido pelas escolas motiva o aluno a ampliar a curiosidade do aprender, possibilitando assim, o desenvolvimento do interesse na qualificação e interação com os demais alunos, no contexto escolar e comunitário”, afirmou o gerente de Educação, Moacir de Melo.

Para o estudante Daniel, participar do seminário foi uma importante experiência que o ajudou a conhecer um pouco mais sobre a matemática e também, repassar o que aprendeu com o trabalho que apresentou. “Nosso projeto mostra que ingerir sódio em excesso faz mal para a saúde e pode levar a morte. Já o sal de ervas prejudica menos e tem uma densidade menor que o sal comum”, explicou.

Segundo a professora Rosemar, foi um momento de grande importância, de socialização dos conhecimentos científicos, contextualizados de acordo com a realidade ao qual o aluno está inserido. “Nestes espaços de mostras de trabalho, professores e alunos vêem conceitos científicos sendo aplicados para solucionar problemas específicos de cada local. São momentos únicos de troca de experiências e sabedorias que desmonta aquele conceito que muitos têm de que a matemática é algo abstrato, pois você vê a sua enorme aplicabilidade nas mais variadas áreas”, destacou.

COMPARTILHAR