Foto: Divulgação

Durante a última semana foi formada a Comissão Central Organizadora (CCO), que irá organizar todo o cronograma e demais detalhes referentes às programações do Centenário de Colonização do município de Taió. Fazem parte desta comissão, João Tadeu Corrêa (Presidente), Cristiana Sandri de Souza (vice-presidente), Denize Purnhagen, Narciso Broering e Marliza Martins (membros) e Tiago Maestri, Indianara Seeman, Joel Spredemann, Marina Peicher e Fernando Zanella (suplentes).

Publicidade

A diretoria da CCO reuniu-se na última quinta-feira, dia 13, juntamente com representantes de associações que farão parte do projeto, para discutir detalhes referentes ao cronograma e organização. A princípio, decidiu-se que as comemorações se darão entre 7 e 17 de setembro, 10 dias de festividades voltados à tradição, cultura, esporte e entretenimento de um modo geral, do povo taioense.

Um dos destaques do evento se dará por conta do show gratuito com o Grupo Talagaço, onde o contrato com a banda já foi assinado. Durante todos os 10 dias haverão atividades diferentes como as noites culturais voltadas às culturas alemã e italiana, além de stammtisch, shows, sessão solene para homenagear pioneiros do município, noites literária, artística e da terceira idade, eventos com participação dos CTG’s e escoteiros, são apenas algumas das atividades que marcarão esta grande festa, voltada à toda Taió.

“Nossa ideia é fazer uma festa voltada à nossa gente, às nossas raízes, onde o taioense possa se divertir sem gastar, relembrando das pessoas que ajudaram a construir nossa história e valorizando cada cidadão que ainda à constrói. Será uma festa do povo e para o povo”, afirmou o Prefeito Almir Guski (PSDB).

Segundo o Presidente da CCO, João Tadeu Corrêa, a festa terá grandes destaques históricos “Como foi no Cinquentenário de Colonização, realizado no ano de 1967, estamos estudando a possibilidade da realização de um concurso para escolha da Rainha e das duas Princesas da festa, onde também deverá ser feito um baile onde as princesas de 1967 passarão as faixadas para as escolhidas de 2017, porém essa ideia ainda está em fase de estudo. Será um momento marcante na nossa cultura”, ressaltou.

As datas exatas de cada evento ainda estão sendo discutidas, podendo haver alteração de horários, transferência de datas e inclusão de novos eventos. O cronograma oficial será divulgado em breve.

Deixe seu comentário

comentários

COMPARTILHAR