Foto: Divulgação

A Prefeitura de Salete efetivou recentemente a adesão ao Sistema Informatizado de Ouvidorias dos Entes Federados (e-Ouv Municípios). A plataforma web é gratuita e oportunizará aos Saletenses canais de recebimento, análise e resposta de manifestações dos usuários de serviços públicos.

Publicidade

Para enviar reclamações, denúncias, sugestões, elogios e solicitações os cidadãos devem acessar o site www.salete.sc.gov.br e clicar no ícone e-Ouv, localizado ao lado esquerdo da interface. Para a prefeita Solange Schlichting (Chica) a ferramenta é importante, pois traz mais transparência e aproximação do Poder Executivo com a comunidade, o que contribui para gerenciar o município.

Disponível por meio do Programa de Fortalecimento das Ouvidorias (Profort), a ferramenta traz uma série de benefícios práticos, tanto para as administrações municipais quanto para o cidadão.

A primeira vantagem para quem adere ao e-Ouv Municípios é que ela permite que ambas as partes tenham uma interação maior na resolução de problemas, e isso é primordial nos dias de hoje. Outro ponto interessante é que o cidadão vai poder realizar a sua manifestação e poder monitorar como está o andamento dela por meio da internet, o que acaba desburocratizando todo o processo. Informações e questionamentos também podem ser feitos pelo e-mail ouvidoria@salete.sc.gov.br.

Outra vantagem da ferramenta, é que a administração municipal passa a contar com uma economia de custo na implantação, customização de sistemas e infraestrutura de dados. Todo o serviço do e-OUV Municípios será gerenciado pelo controle interno da Prefeitura de Salete.

e-Ouv municípios

O Sistema e-Ouv Municípios é um serviço gratuito que oferece aos gestores municipais uma plataforma web para recebimento, análise e resposta de denúncias, reclamações, sugestões, elogios e solicitações dos cidadãos, contribuindo para o cumprimento da nova Lei n. 13.460/2017, que dispõe sobre a participação, proteção e defesa dos direitos do usuário de serviços públicos em todas as esferas e poderes públicos.

COMPARTILHAR