Foto: JATV

As denúncias contra a chapa Rodrigo-Alex feitas em 2016, após as eleições, foram julgadas improcedentes pelo Juiz da Zona Eleitoral de Taió, em primeira instância. A chapa derrotada nas eleições entrou com recurso e levou o processo para segunda instância.

Publicidade

O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina julgou as denúncias improcedentes e também absolveu a chapa eleita em 02 de outubro de 2016.

A denúncia havia sido feito pela chapa Duda-Fátima, que pediam a cassação da chapa, do diploma e declaração de inelegibilidade, por abuso de poder econômico, político e de autoridade, supostamente cometidos por Rodrigo-Alex.

A sessão que deliberou a absolvição da chapa vitoriosa ocorreu nesta segunda-feira, 09, em Florianópolis.

Deixe seu comentário

comentários

COMPARTILHAR