Foto: Divulgação/Prefeitura de Mirim Doce

Transformar latas que iriam para o lixo em instrumentos musicais e colaborar com a preservação do meio ambiente. Essas são as principais propostas do projeto Bate Lata, desenvolvido com crianças e adolescentes atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de Mirim Doce. “A atividade é oferecida desde abril, com aulas nas sextas-feiras de manhã e à tarde”, explica secretária Gisiéli Simplicio Caetano.

Publicidade

E o resultado desse trabalho, que envolve também a disciplina, a musicalidade e comportamento em equipe, será conhecido na quinta-feira, durante o desfile de 7 de Setembro. Uniformizados, os cerca de 40 integrantes do Bate Lata, incluindo corpo coreográfico, vão para a praça. Eles prepararam duas apresentações: uma só o grupo e outra integrada com a fanfarra do município.

O trabalho vai até novembro, coordenado pelo professor Alexandre Alves da Silva. “Após essa apresentação vamos começar a trabalhar a teoria, que envolve a conscientização, a reciclagem e o cuidado com a natureza”, comenta a secretária. Vale lembrar que a confecção dos tambores de lata foi feita pelos alunos.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Mirim Doce
Foto: Divulgação/Prefeitura de Mirim Doce
Foto: Divulgação/Prefeitura de Mirim Doce

Deixe seu comentário

comentários

FONTEPrefeitura de Mirim Doce
COMPARTILHAR