Suspeita de superfaturamento em shows nacionais da Festa da Cebola

O juiz da 2ª Vara Cível de Ituporanga determinou que os pagamentos não sejam feitos em dinheiro vivo.

421

Ação Popular formulada por Lia Caroline Miguel contra o prefeito de Ituporanga, Osni Francisco de Fragas, sobre um possível superfaturamento em shows nacionais da Festa Nacional da Cebola, levou o juiz Lenoar Bendini Madalena, da 2ª Vara Cível de Ituporanga, conceder liminar determinando que o cachê dos artistas contratados para se apresentar na Festa da Cebola, que começou nesta quinta-feira 6, no município, não seja pago em espécie.

Publicidade

O magistrado está exigindo que o pagamento das parcelas dos caches dos shows contratados para a Fexponace deve ser feito por meio de depósito bancário ou cheque nominal e cruzado. A decisão do Juiz Lenoar Bendini foi expedida na tarde desta quinta-feira 6.

O juiz determinou que o dinheiro arrecadado com a bilheteria da festa deve ser depositado na conta da organização do evento, com o comprovante de depósito e número de pagantes apresentados em até cinco dias após o fim da Festa.

Outra decisão que chamou a atenção, a intimação feita aos escritórios dos artistas Anitta, Wesley Safadão, Gusttavo Lima e Bruno & Barreto para que, no prazo de 15 dias, apresentem planilhas de todos os cachês recebidos por seus clientes nos meses de fevereiro, março e abril de 2017, para que o magistrado possa comparar tais valores com aqueles pagos pela FEXPONACE.

O juiz Lenoar determinou ainda, que o Hotel Aliança Express e o Clasen Park Hotel, no prazo de 15 dias, indiquem a pessoa (agência, escritório) responsável pelas negociações atinentes à hospedagem dos artistas contratados pela FEXPONACE, devendo ainda providenciar a juntada de toda a documentação pertinente ao referido negócio.

A Festa continua

A assessoria de imprensa da prefeitura de Ituporanga informou que a continuidade da ação popular não interfere na programação da festa, que começou nesta quinta-feira, e nos shows, que estão mantidos.

Nota oficial

A Assessoria de Imprensa da 24ª Festa Nacional da Cebola de Ituporanga informou que nota oficial será divulgada ainda nesta sexta-feira 7.

Estaremos atualizando a informação assim que novos fatos forem apresentados.

Os organizadores da 24ª Expofeira Nacional da Cebola esclarecem que tendo em vista o teor da liminar proferida contra os organizadores da festa, a CCO comunica que será atendida a decisão da Justiça em sua totalidade, prezando sempre pela transparência.
A liminar determina que a última parcela do pagamento referente ao cachê dos artistas contratados fosse feito através de depósito bancário para o artista ou cheque nominal e cruzado em nome do artista. Também foi solicitado que os valores referentes a bilheteria do evento seja depositado em uma conta de titularidade da Fundação Fexponace, organizadora do evento. Recomendações que serão atendidas prontamente.
Com relação a acusação de superfaturamento na contratação dos shows, a CCO comunica que os valores foram contratados diretamente com os artistas após pesquisa de mercado e incluem todo o serviço de camarim, translado, alimentação e hospedagem dos mesmos, bem como de toda a sua equipe e produção. Não existe também destinação de porcentagem da bilheteria aos artistas.
Diante deste fato, a Comissão Central Organizadora (CCO) comunica que todos os eventos programados para a Festa Nacional da Cebola seguem mantidos, tendo certeza de que será uma das mais belas festas que a região já ofereceu.
A Festa Nacional da Cebola é uma festa de renome e prestigio, conhecida pela qualidade nas escolhas de suas atrações, mas, principalmente, pela credibilidade que seu nome tem em todo o território nacional. Toda a organização é feita com transparência e legitimidade visando sempre o bom atendimento do público e responsabilidade.

Deixe seu comentário

In this article