• "Esperar pela sorte é não lutar, é ter medo, é acovardar-se diante da iniciativa para plantar e colher", destaca Prates.

  • "Não é de hoje que a verdade incomoda a muita gente", afirma Luiz Carlos Prates.